Empate técnico e indefinição se haverá segundo turno no Ceará

Pesquisa-vespera_CEO Datafolha aponta que Tasso Jereissati (PSDB) deve voltar ao Senado, após quatro anos sem mandato.

Situação inédita na história do Ceará, o 1º turno para governador chega tecnicamente empatado ao dia da votação. Com o resultado da última pesquisa O POVO/Datafolhaantes da eleição, realizada na sexta-feira e neste sábado, não é nem mesmo possível afirmar se haverá 2º turno ou não.

A diferença entre Eunício Oliveira (PMDB) e Camilo Santana (PT) é de quatro pontos percentuais em votos válidos – forma oficial como o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) divulgará o resultado. Com margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, eles ficam no limite do empate técnico.

Eunício tem 49% dos votos válidos. Camilo tem 45%, também nos votos válidos. Eliane Novais (PSB) tem 3% e Ailton Lopes (Psol), 2%. Contabilizado o total de votos, Eunício oscila positivamente dois pontos e tem 41%. Camilo oscila um para cima e fica com 38%. Eliane Novais (PSB) sobre dois e aparece com 3%.

Ailton marca 2%. Votos em branco e nulos somam 6%. Os indecisos são ainda 11%. Na espontânea, diferença de dois pontos: 31% para Camilo, 29% para Camilo.

No caso de haver segundo turno, a eleição fica mais acirrada do que estava nas pesquisas anteriores. Eunício teria 53% dos votos válidos, contra 47% de Camilo.

{module [270]}

Senado

O Datafolha aponta que Tasso Jereissati (PSDB) deve voltar ao Senado, após quatro anos sem mandato. Ele tem 72% dos votos válidos e 57% do total de votos. Mauro Filho (Pros) tem 26% e 21% do total.

O Datafolha ouviu 1.719 eleitores em 51 municípios cearenses nos dias 3 e 4 de outubro. A pesquisa foi contratada por O POVO e Folha de S.Paulo e está registrada com os números CE-00029/2014 e BR-01037/2014.