Desrespeitoso: Cliente desmaia na fila de atendimento da agência do Bradesco da cidade de Quixadá

Cliente desmaia esperando a espera do atendimento na agência Bradesco (foto: RC/Erbson Bruno)

Região Central: Idosos jogados no chão a espera de um atendimento. Pessoas deficientes angustiadas. No outro lado, os empresários têm atendimento vip e sem fila. Enquanto os demais são clientes não tão significantes como esses privilegiados.

Os relatos na agência Bradesco da cidade de Quixadá são arrepiantes e vergonhosos para uma cidade onde ninguém aplica a lei em proteção aos idosos. Muitos desses, são pessoas pobres e moradores do sertão, que não sabem dos direitos dos consumidores.

No Bradesco, no atendimento geral tem apenas dois atendentes para uma multidão de clientes. As reclamações são constantes, mas nenhuma providência é adotada pelo banco, enquanto as autoridades fingem que não sabem da problemática.

Os idosos ou clientes que não sabem usar os caixas-eletrônicos também sofrem, e a alternativa é pedir ajuda a pessoas estranhas. Naquela agência, é permitido que alguns mototaxistas “ajudem” os clientes, muitos ficam quase o dia todo, mas a agência do Bradesco finge desconhecer a situação. A “bondade” desses ajudantes causa estranheza.

O caos na agência Bradesco passou de meros danos morais contra seus clientes, mas chegou a ser criminoso. Durante esta terça-feira(29), uma senhora chegou a desmaiar na fila do atendimento geral. Ela estava há horas esperando atendimento. A revolta foi geral no interior daquele estabelecimento.