Desprestigiado: PT de Guimarães não aceitou Cirilo Pimenta como Secretário Estadual

Com a saída do deputado Dedé Teixeira, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) pra concorrer novamente a eleição ao cargo deputado estadual, comentários davam conta de que o Cirilo Pimenta, ex-prefeito e derrotado nas eleições de 2016, no muniípio de Quixeramobim, almejava ser nomeado a esta vaga, saindo do cargo de 4º escalão que atualmente ocupa, como Superintendente do IDACE, para a de 1º escalão, qual seja, Secretário de Estado.

Para tanto, contou com a articulação do deputado estadual Osmar Baquit, e acreditava que o PT não seria qualquer obstáculo, ledo engano.

O PT, que é comandado pelo deputado federal Guimarães, aliado de Cirilo, não aceitou a ideia, e mandou vetar. O indicado foi o presidente do Partido no Ceará, De Assis Diniz, muito ligado ao Guimarães.

Dizem que o Cirilo Pimenta não engoliu bem este revés, pois já estava contando como certo este cargo, e deverá em breve anunciar o rompimento com o deputado federal Guimarães, que deu qualquer importância do fato do Cirilo ter o compromisso de votar com ele em Quixeramobim.

Cirilo Pimenta tem degustado derrotas seguidas, para muitos, é mais um político da velha política, que deve ser em breve esquecido. Seu jeito arcaico e coronelístico, apaga aos pouco seu histórico.

No caldeirão da política, a atuação de Cirilo Pimenta ao tentar cassar o mandato do prefeito Pavone, não foi bem recebida no Gabinete do governador, isso porque o deputado Capitão Wagner seria o maior beneficiado, tendo em vista que o vice, Sargento Rogério assumiria. Rogério é apoia o Capitão ao governo do Ceará.