Descaso: Prédio da Pefoce/IML de Canindé é interditado devido às rachaduras e infiltrações

Engenheiros do estado interditaram na última terça-feira (10), o prédio da Perícia Forense-(Pefoce) no município de Canindé. De acordo com o supervisor administrativo, Renato de Oliveira, a estrutura está apresentando rachaduras, infiltrações vazamentos, comprometendo a estrutura do prédio. A situação ficou mais grave devido à últimas chuvas que deixou as instalações totalmente insalubres; inclusive, as paredes ficaram dando choque por ocasião dos vazamentos e infiltrações.

Com a interdição, os corpos que precisam de necropsias são encaminhados para a Pefoce de Fortaleza. O atendimento administrativo e todos os exames realizados pela equipe também estão prejudicados.

Renato informou que para amenizar a situação, o atendimento administrativo será feito na casa onde funcionou a Delegacia Regional de Polícia Civil, na Avenida Francisco Cordeiro Campos, no bairro do Monte.

Em relação ao prédio da Pefoce, Renato informou que a prefeita Rozário Ximenes assumiu compromisso de fazer o mais rápido possível uma reforma para que o atendimento de necropsia possa continuar provisoriamente no Centro da cidade, até que o Governo do Estado construa um novo prédio.

A prefeita Rozário, também, assumiu compromisso de estar doando um terreno para construção de um novo prédio para o núcleo de perícia. A construção de um novo prédio da Pefoce depende do Governo do Estado.

A Pefoce de Canindé atende a 22 municípios da região: Apuiarés, Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Boa Viagem, Canindé, Capistrano, Caridade, Catunda, General Sampaio, Guaramiranga, Hidrolândia, Itapiúna, Itatira, Madalena, Monsenhor Tabosa, Mulungu, Pacoti, Paramoti, Santa Quitéria, Tamboril e Tejuçuoca.

Informações do Portal Canindé