Derrota histórica: Rachel Marques não é reeleita e fica fora da Assembléia Legislativa

Rachel_marques_dep_1013Osmar Baquit consegue pela quinta vez uma vaga na Assembleia Legislativa.

O grupo do ex-prefeito Ilário Marques sofreu mais uma grande derrota política neste domingo, 05, isso porque a deputada estadual Rachel Marques(PT) não conseguiu se reeleger, terminando assim, um ciclo na política do município e, principalmente na vida do petista líder que também já foi prefeito por três vezes.

Em 2012, Ilário foi massacrado nas urnas durante as eleições municipais para o cargo de prefeito. O atual prefeito João Hudson quebrou na época um legado do petista.

{module [270]}

Rachel Marques obteve neste pleito eleitoral 35.950 votos, ficando em 27º em sua coligação que conseguiu eleger 22 candidatos. Rachel ficou na 5ª suplência, atrás 1º Dr. Leonardo Pinheiro; 2º Professor Teodoro, 3º Dr. Hugo e 4ª Dedé Teixeira suplente. Para a petista assumir uma vaga mesmo como suplente, será necessário que os eleitos assumam outras função ou peçam licença.

Conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral, em 2010 Rachel Marques foi eleita ao conseguir 42.887 votos, 6.937 a menos neste pleito. Em Quixadá seu maior reduto eleitoral, a candidata obteve 9.793 votos, mas na disputa passada ela conseguiu 10.649.