Cirilo Pimenta paga R$ 26 mil reais ao Ibope, por uma pesquisa eleitoral em Quixeramobim

Ibope_qxbim_Cirilo_PiGrupos opositores ao candidato que está pagando, já questionam a credibilidade de uma pesquisa contratada por um adversário.

 

Na próxima sexta-feira, 23, o candidato a prefeito do município de Quixeramobim, Cirilo Antônio Pimenta Lima(PDT), deverá divulgará uma pesquisa sobre a campanha eleitoral. Curiosamente, o próprio político contratou e pagou R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais) ao IBOPE-Inteligência Pesquisa e Consultoria LTDA, registrada sob o número CE-08221/2016, no Tribunal Regional Eleitoral-TRE. 

O prefeito mandou o IBOPE entrevistar 301 pessoas, as quais vão responder um questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo. 

O Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro.

Mesmo o nível de confiança estimado seja de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 06 (seis) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. Grupos opositores ao candidato que está pagando, já questionam a credibilidade de uma pesquisa contratada por um adversário.

Em Quixeramobim, o adversário de Cirilo é o vereador Clebio Pavone, do partido Solidariedade, agora, apoiado pelo grupo do médico Rômulo Coelho, tendo em vista que o deputado Tomaz Holanda desistiu para também apoiar Pavone.