Celebridades ameaçam Google com processo de US$ 100 mi por fotos íntimas

Jeniffer_fotos“O Google fechou os olhos para sites que repetidamente exploram e vitimam essas mulheres”, acrescenta o advogado na carta.

O escândalo do vazamento de fotos de várias celebridades nuas, entre agosto e setembro, pode trazer sérios prejuízos ao Google. Representando algumas das celebridades afetadas, o advogado Marty Singer encaminhou à empresa uma carta ameaçando entrar com um processo de US$ 100 milhões contra ela. As informações são da revista “Hollywood Reporter”, que publicou a carta na íntegra.

A carta chama a atenção para a “conduta desprezível e repreensível do Google, que não só falhou em remover rápida e responsavelmente as imagens, mas conscientemente acomodar, facilitar e perpetuar uma conduta ilegal”.

Segundo Singer, o Google não tem derrubado prontamente as imagens, conforme deveria fazer pela lei norte-americana. “O Google (…) tem permitido imprudentemente que essas violações óbvias continuem, em um descaso consciente pelos direitos de nossas clientes”, escreve ele. Além de envolver o próprio sistema de buscas do Google, a carta ainda acusa a empresa por acomodar as fotos impróprias em produtos da empresa, como o Youtube e o Blogpost.

{module [270]}

“Se suas mulheres, filhas ou parentes fosse vítimas de violações tão óbvias de direitos humanos básicos, vocês com certeza teriam tomado uma medida apropriada. Mas como as vítimas são celebridades com direitos publicitários valiosos, vocês não fazem nada – nada a não ser arrecadar milhões de dólares em anúncios de seus parceiros co-conspiradores, procurando capitalizar em cima desse escândalo do que acabar com ele. (…) O Google fechou os olhos para sites que repetidamente exploram e vitimam essas mulheres”, acrescenta o advogado na carta.

No documento, não fica claro quais celebridades Singer representa.

Vazamentos

Aconteceram dois escândalos de vazamento de fotos de celebridades em menos de um mês. Uma série de fotos íntimas de Jennifer Lawrece e de outras famosas – como supostamente a atriz Kirsten Dunst e as cantoras Selena Gomez, Ariana Grande e Rihanna – foram publicadas na internet em 31 de agosto. O vazamento foi atribuído a hackers, que roubaram os arquivos do serviço iCloud, da Apple.

Novas fotos voltaram a circular na internet semanas depois. As imagens incluem nus da socialite Kim Kardashian, da atriz Vanessa Hudgens e da estrela do futebol Hope Solo e apareceram nos sites 4chan e Reddit. Segundo o site “TMZ”, as fotos foram removidas posteriormente.