Ceará registra um acidente de trabalho a cada hora, segundo MPT-CE

Fotos: Ascom/MPT-CE

O Ceará registra média de um acidente de trabalho a cada hora, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (3) pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-CE). Os números são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, cooperação entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT). O órgão vai promover ações ao longo deste mês para combater essa estatística.

O estado ocupa hoje a 12ª posição no ranking nacional de acidentes de trabalho entre as unidades federativas, com 52.619 registros de 2012 a 2017, o que representa um acidente por hora. Segundo o MPT, nos últimos dois anos, esse tipo de acidente motivou o ajuizamento de 487 ações e a assinatura de 1.419 termos de ajustamento de conduta em todo o país.

Ao todo, o MPT-CE recebeu 140 denúncias entre 2017 e 2018. Além disso, foram ajuizadas 23 ações e firmados 59 termos de ajustamento de conduta (TAC) no estado, no mesmo período, conforme indicou balanço do órgão. O MPT-CE ainda apontou que, só em 2017, foram registradas mais de 19 mil ocorrências, com 131 mortes.

Prevenção

Empresas e órgãos públicos como o Tribunal Regional do Trabalho, o cineteatro São Luiz e o Theatro José de Alencar vão receber iluminação verde, em apoio a campanha Abril Verde. O objetivo é promover uma reflexão sobre essa estatística e estimular denúncias em casos de irregularidades.

Além disso, nos próximos jogos pelas semifinais e finais do campeonato cearense, jogadores vão exibir em campo uma faixa com a frase: “1X1: Com esse placar, ninguém ganha”, para chamar atenção sobre a média de um acidente de trabalho registrado, por hora, no estado.

Conteúdo:  G1 CE