Amadeu Filho

enfermeira_inacinha

Coluna Amadeu Filho: Enfermeira Inácinha cuidava dos pacientes como se fossem seus filhos

A forma de como atendia os doentes, com bondade, paciência e caridade, tornou-a querida por todos. As enfermeiras...

seufavoravel_109anos

Coluna Amadeu Filho: “Seu Favorável”, um quixadaense de 109 anos de vida

No seu aniversário é celebrada uma missa na "Comunidade Rainha da Paz" dedicada pelos padres e outros religiosos....

Padre_luis_braga_rocha

Coluna Amadeu Filho: Padre Luís Braga Rocha, um grande benfeitor da “Terra dos Monólitos”

Poucas são as homenagens a essa grande personalidade que levou Quixadá ao desenvolvimento. Durante mais de 50 anos,...

paruara_profestaAAAA

Coluna Amadeu Filho: Comunicador de radiadora tinha até fã-clube em Quixadá

No tempo dos alto-falantes: “a voz do Norte” era a alegria da Rua Tenente Cravo, e locutor tinha...

cinema_chicoamorim

Fundador do extinto “13 de maio” reclama da falta de um cinema em Quixadá

“Eles não sabem o que estão fazendo", fala Chico Amorim, o dono do extinto cinema da cidade. A...

Há 55 anos mulher realiza o terço dos cachorros na cidade de Quixadá

Todo dia 17 de dezembro a idosa reza um terço para os cachorros, ela reúne diversos cachorros dos...

“Geração da internet” sonha em ver o açude Cedro sangrando

As sangrias só aconteceram por apenas seis vezes, a primeira, em 1924, em 1925, 1974, 1975, 1986 e...

quixada1fantasmas

29 de dezembro de 1963, Quixadá virou “cidade fantasma” com a seleção “Seleção Mágica”

Não havia adversários para a "Seleção Mágica" que vencia todas.   O Intermunicipal era uma importante competição que...

radialistas_primeiros

O dia que Quixadá parou: Primeira rádio na cidade de Quixadá foi ao ar há 33 anos

Antes da inauguração, eram ouvidas na cidade apenas as rádios da capital ou as de Quixeramobim e Limoeiro....