BPRaio recebe denúncia e prende suspeitos em ponto de venda de drogas em Quixeramobim

Após uma denúncia repassada a Polícia Militar do Ceará (PMCE), policiais lotados no Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) fecharam um imóvel, onde funcionava um ponto de venda de drogas, na cidade de Quixeramobim A ação ocorreu, na manhã desta quinta-feira (7), e resultou nas prisões de três pessoas. Foram apreendidas duas armas de fogo, entorpecentes e dinheiro em espécie oriundo da atividade ilícita. Há indícios que um dos presos, conhecido por “Mestre das Armas”, seja responsável pelo armamento que abastecia uma organização criminosa na região.

De posse das informações, os “raianos” diligenciaram até o bairro Maravilha para averiguar a denúncia. Um cerco foi realizado na propriedade, e um dos indivíduos tentou empreender fuga, sendo este identificado por John Wander dos Santos Silva (26) – o “Mestre das Armas”, que já possui antecedentes criminais por homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Imediatamente, o BPRaio conteve o suspeito e, com ele, foi apreendida uma pistola calibre 9 mm, com numeração raspada.

Após a primeira captura, os policiais entraram na casa, onde também estavam Joel de Pádua de Sousa da Silva (21) – com antecedente criminal por furto; e Érika Vitória Barbosa do Nascimento (18) – sem antecedentes. Em um dos cômodos, os policiais encontraram uma mochila contendo outra pistola calibre 9 mm municiada, um tablete de maconha totalizando 48 gramas e mais de cerca de 300 pinos com cocaína. Em outro compartimento, foram encontrados objetos utilizados na preparação dos entorpecentes, anotações oriundas da traficância, uma balança de precisão, aparelhos celulares e valores em dinheiro. Facas também foram apreendidas.

Os três e o material apreendido foram levados para a Delegacia Municipal de Quixeramobim. Um inquérito policial foi instaurado, e os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. A Polícia Civil agora apura a participação do trio em outras atividades ilícitas no município.