Bombeiros de Quixeramobim salvam filho e pai de 84 anos de ataque de abelhas

Na tarde de hoje (07), o Corpo de Bombeiros foi acionado para o atendimento de uma ocorrência no bairro Planalto Sabonete, município de Quixeramobim, na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Tratava-se de um ataque de abelhas com duas vítimas, pai e filho (84 e 52 anos). De imediato, os bombeiros isolaram a área e conduziram as vítimas ao Hospital Dr. Pontes Neto. Segundo a guarnição que atendeu a ocorrência, o idoso necessitou de maior atenção no atendimento.

As abelhas geralmente atacam quando se sentem ameaçadas. Para quem é alérgico, poucas picadas podem ser fatal por ocasionar choque anafilático, caso a vítima não tenha atendimento imediato. Mesmo em quem não é alérgico ao veneno contido no ferrão, dependendo da quantidade de picadas, a dor pode ser tão insuportável que faça com que a pessoa perca a consciência e também possa vir a óbito por ficar totalmente indefesa ao ataque, sem chances de fugir, após o desmaio.

A captura do enxame não deve ser feita enquanto às abelhas estão dispersas, por isso, geralmente é uma ocorrência atendida à noite, momento em que os elas se concentram na colmeia.

Ao se deparar com um ataque de abelhas, não grite, pois elas são atraídas por sons agudos. Ao ser picado, procure fugir imediatamente do local, correndo em zigue-zague, pois o ferrão solta um ferormônio que atrai as outras abelhas e as incitam a atacar.Caso haja risco de ataque, ligue para o número 193 para que o Corpo de Bombeiros possa avaliar a situação.

Fonte: SSPDS

Tags: