Banabuiú passa a oferecer atendimento psicosocial especializado com implantação de CAPS

Equipe deve começar os trabalhos (foto: divulgação)

Região Central: O município de Banabuiú anunciou o início do atendimento de um novo serviço na área da saúde: é o funcionamento do Centro da Atenção Psico Social (CAPS). A unidade oferece atendimento psicológico e psiquiátrico especializado. É a primeira vez, em 30 anos de história municipal, que a cidade conta esse tipo de serviço clínico.

Uma das principais vantagens é que com a chegada do serviço, Banabuiú deixa de ser veiculado á Quixadá para solicitar atendimento com psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, enfermeiros e educadores. Conforme a secretária Rianna Nobre todos estes profissionais estão atuando no CAPS de Banabuiú, trazendo comodidade para famílias com pacientes que necessitam deste tipo de atendimento e que, agora, não precisam viajar para o município vizinho para ter acesso ao serviço.

“Ele é definido como um serviço importantíssimo porque é histórico no município. Nossa intenção é assegurar a prestação de serviço a esse publico”, afirma a secretária de saúde de Banabuiú, Rianna Nobre.

Quem precisa dos serviços deve primeiro ser atendido pelos Sistema Único de Saúde (SUS), que encaminha o paciente com uma necessidade específica para o CAPS. A unidade está funcionando de segunda a sexta, nos dois períodos, no antigo da delegacia. O psicólogo Emerson Parente, que coordenou os trabalhos de implantação do CAPS e conduz o projeto, mostra que os atendimentos vão trazer uma mudança significativa na rotina dos pacientes.

“Temos psiquiatra na primeira quinzena do mês e um médico especializado na outra quinzena. Nossa proposta segue o que indica a portaria, por isso estamos ofertando 24 vagas por cada quinzena, o que pode gerar até 50 atendimentos especializados por mês. Mas psicólogo a gente tem todo dia, com atendimentos três vezes na semana”, explica.

A chegada do equipamento está sendo tratada com ânimo pela população. Familiares que possuem parentes e que necessitam deste atendimento, agora carregam a esperança de que terão um atendimento mais digno e eficiente. Para o prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre a chegada do CAPS representa um valioso avanço na política da saúde municipal.