Após bater meta, Banabuiú vai atender 400 famílias pelo programa “Criança Feliz”

Prefeito Edinho Nobre com as famílias beneficiadas pelo programa (foto: divulgação)

Região Central: Em 2019, o município de Banabuiú vai passar a atender novas famílias por meio do Programa Criança Feliz (PCF). Com o aumento no número de atendimento passará para 400 famílias beneficiadas. Com a ampliação, comunidades de Barra do Sitiá, Pedras Brancas, Boa água, Tanquinhos e Governo II, receberão visitas dos profissionais.

O programa é uma iniciativa do Governo Federal, mantida com recursos próprios. Por meio dele, profissionais realizam o acompanhamento de crianças de até 3 anos que sejam beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de gestantes. O atendimento é feito em domicílio para verificar as potencialidades e vulnerabilidades da família, com atividades lúdicas e educativas que propiciem o desenvolvimento infantil.

Antes, apenas 100 famílias eram assistidas. A ampliação de beneficiados representa um crescimento de 300% no número de atendimentos. De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Trabalho de Banabuiú, o aumento de oferta só foi possível em razão do programa ter conseguido um percentual de 90% de concretização das metas pactuadas, que vão desde ao número de visitas realizadas, até a análise de responsabilidade na execução financeira.

O prefeito Edinho Nobre comemorou a autorização do Governo Federal na ampliação do número de beneficiários e reforçou seu compromisso e cuidado com a infância. “A saber que estávamos com este percentual de eficiência, logo aceitei a ampliação do programa”, disse Edinho.

A secretaria de Assistência Social, Cleide Nobre, também lembrou a importância de trabalhar a primeira infância, acreditando que a ampliação dará inicio a uma mudança na realidade de Banabuiú. Para o coordenador do programa em Banabuiú, Eduardo Monteiro, “a iniciativa vai contribuir de forma enfática para o desenvolvimento infantil”.