Absurdo: Namorado é preso acusado de manter mulher em cárcere privado na cidade de Quixadá

Região Central: Dois crimes contra a integridade da mulher foram registrados nesta quinta-feira (13), um deles em Quixadá e o outro foi registrado em Ibaretama, onde uma mulher estava sendo ameaçada pelo próprio companheiro com uma faca.

Em Quixadá, durante um patrulhamento da polícia militar, próximo do Terminal Rodoviário, na Avenida Plácido Castelo, os agentes foram abordados por uma mulher denunciando que estava sendo mantida em cárcere privado por seu namorado.

A composição foi até a residência da vítima e conduziu as partes para a Delegacia de Proteção a Mulher e apresentado a autoridade policial. O nome do homem não foi revelado.

Conforme o Art. 148 – Privar alguém de sua liberdade, mediante sequestro ou cárcere privado a pena é de até três anos, todavia, a pena é de reclusão, de dois a cinco anos, se a vítima é ascendente, descendente, cônjuge ou companheiro do agente ou maior de 60 (sessenta) anos.