62 pessoas já foram encaminhadas à PF por suspeita de crime eleitoral

eleicoes_2014Até o momento, 62 pessoas foram encaminhadas à Polícia Federal por suspeita de crime eleitoral, quase todos acusados de cometer boca de urna. Todas são ligadas à candidatura de Camilo Santana.

Há pelo menos uma suspeita de compra de voto. É o caso de um despachante que estava com mais duas pessoas distribuindo material de campanha na Cidade dos Funcionários. Com ele, a Polícia encontrou vários documentos de veículos com dinheiro dentro.

O despachante alegou que o dinheiro era para a regularização da documentação junto ao Detran, mas os policiais que realizaram a operação decidiram apreendê-lo e encaminhar o caso à PF.

{module [270]}

Por volta das 11h30min, um ônibus com 12 pessoas chegou à sede da PF. O grupo estava fazendo buzinaço e distribuindo material de campanha na Barra do Ceará até ser apreendido pelas tropas federais. Pouco depois, outro grupo – desta vez com nove pessoas – chegou à Polícia Federal também acusado de cometer boca de urna na Cidade dos Funcionários e Aldeota.

Com informações do site O Povo Online