Suspeito dispara seis tiros contra adesivador de veículos em Banabuiú, mas vítima escapa sem ferimentos

Vítima escapou dos disparos sem ferimentos; Polícia deve investigar o caso (Foto: reprodução)

Região Central: A Polícia Militar e equipes de agrupamentos como o Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) estão fazendo buscas para prender o suspeito que tentou matar um homem que trabalha como adesivador de veículos, na noite desta quarta-feira (22) em Banabuiú.

O Revista Central apurou que o procedimento foi registrado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá (DRPC) e os detalhes ainda não foram divulgados, mas testemunhas e moradores de Banabuiú comentaram nas redes sociais que um suspeito teria tentado matar a vítima com seis tiros. Felizmente nenhum dos disparos acertou o homem, identificado pelo nome de Anderson.

A vítima trabalha com adesivação de veículos e possui um ponto comercial na estrada que dá acesso ao rio Banabuiú. Ele é natural de Quixadá mas estaria morando na cidade vizinha há algum tempo. Na manhã desta quinta-feira (23) a vítima divulgou na ferramenta storys do seu instagram, que a tentativa de homicídio pode ter sido provocada por ciúmes.

“O motivo disso ter acontecido foi porque simplismente esse rapaz pegou viagem em mim, dizendo que eu tava olhando para a mulher dele com segundas intenções. Sim, eu olhei e vi ela passando em frente a minha loja, porque eu sempre fico ligado no movimento devido lá ser um ponto comercial. Agora eu pergunto: a que ponto chegamos?”, desabafou o rapaz. “Não tem nada a ver com drogas”, detalhou ele.

O Revista Central apurou que equipes da Polícia trabalham para tentar capturar o suspeito. Já há informações de onde ele possa estar refugiado, mas os detalhes não foram divulgados para não comprometer as buscas. A forma como o crime ocorreu e as motivações deverão ser investigadas pela Polícia Civil.