Recomendação do uso de máscaras em escolas e lugares fechados vale a partir desta segunda-feira (13)

Recomendação tem caráter facultativo e apenas nos casos anteriormente já previstos é que o uso é obrigatório (Foto: THIARA MONTEFUSCO)

Começa a valer a partir desta segunda-feira (13) a recomendação da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) para o retorno do uso de máscaras em ambientes fechados, escolas e demais unidades de ensino, e em locais com aglomerações. A medida consta em decreto estadual qque vale pelos próximos 15 dias.

A medida foi tomada pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia para conter o aumento de casos positivos para a covid-19 observado em todo o Brasil. “Tudo isso para que tenhamos uma condição mais segura de atravessar essa situação”, ressaltou a governadora Izolda Cela.

É importante frisar que a medida não tem caráter obrigatório, e que se trata apenas de uma recomendação, sendo o uso facultativo. O último decreto, vigente até domingo (12), já determina a obrigatoriedade de máscaras em transportes coletivos e equipamentos de saúde. A regra permanecerá em vigor.

Com o novo documento, lugares fechados, incluindo escolas e universidades, e ambientes abertos que possam gerar aglomeração serão incluídos na lista de locais em que o uso de máscara é recomendado. O item de proteção também é aconselhado para pessoas com comorbidades, com idade a partir de 60 anos e para quem apresenta sintomas gripais.

Uma das principais dificuldades de enfrentamento à covid-19 no País é a subnotificação de casos. Por isso, é importante que a população realize o teste para confirmar ou descartar a infecção pela doença. Acompanhada do secretário da Saúde, Marcos Gadelha, a chefe do Executivo Estadual ressaltou que, apesar do crescimento de casos, não são percebidas ocorrências de agravamento pela doença e consequente demanda por assistência. “A pandemia não acabou. Ainda é uma realidade. Precisamos sempre ter prudência”, ponderou.