Pais salvam bebê engasgada após orientações repassadas por telefone

Pais salvam bebê engasgada com orientações repassadas por telefone: ‘Ela voltou a respirar’ — Foto: divulgação

Uma bebê de 44 dias de vida que se engasgou enquanto recebia amamentação foi salva pelos pais com orientações repassadas por telefone em Sobral, no interior do Ceará, nesta sexta-feira (24). O áudio da ligação para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) mostra o desespero de pai e mãe e o profissional acalmando ambos, enquanto informava como salvar a criança.

“Ela está vermelha, está se batendo”, disse a mãe, em um momento da ligação. “Ela está respirando? Se acalme, eu preciso que você acalme”, orientou o médico, por telefone.

“Você vai pegar a palma da sua mãe e vai botar no peito dela, vai virar ela de barriguinha para baixo com a cabeça apontando para o chão. Vai inclinar um pouco para baixo e bate umas três vezes. Pode bater com um pouquinho de força”, disse o profissional de saúde.

Após aplicar a manobra, os pais comemoram a melhora da bebê. “Ela tá chorando”, diz a mãe. “Chorar é bom. Se chorar é porque ela tá respirando”, responde o médico. “Ela voltou a respirar”, respondeu a mãe, aliviada.

Segundo a Ciops, a criança de menos de dois meses se engasgou quando amamentava. A mãe estava “desesperada” e acabou passando o telefone para o pai, que estava mais calmo no momento e conseguir seguir os passos orientados pelo médico de plantão.

Em conjunto, eles realizaram a manobra de Heimlich, um procedimento eficaz de primeiros socorros para tratar asfixia por obstrução das vias respiratórias superiores por corpo estranho como, por exemplo, alimentos e pequenos objetos.

A aplicação da técnica no menino foi crucial para salvar sua vida, pois ele não respirava e poderia evoluir para um quadro grave.

“Apoie a criança no braço, com a cabeça abaixo do corpo tendo o cuidado para manter a boca aberta. Apliquei a técnica e fiz a repetição dos ciclos. Ele começou a chorar. Nesse momento, tive a certeza que estava tudo bem”, disse a policial militar.

Em situações de engasgos, a manobra é uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia e que pode ser realizada por qualquer pessoa, é importante seguir corretamente as orientações

“A manobra acontece de formas diferentes em bebês e em crianças de dois anos. No bebê, devemos colocá-lo de bruços, deitado em cima do nosso antebraço e com a cabeça virada para baixo. Então, com bebê com as costas retas e, segurando com firmeza, devemos dar cinco tapas no meio das costas e entre os ombros, não muito fortes, mas com impacto suficiente para que o objeto saia”, explica.

Com informações do G1