Chove em 13 municípios do Sertão Central e Quixeramobim volta a ter os maiores acumulados

Açude Foguareiro, um dos teve boa recarga em Quixeramobim, durante as chuvas no fim de semana (Foto: Quixeramobim Agora)

A tendência de diminuição de chuvas a partir desta semana já pode ser percebida pela pluviometria das últimas 24 horas. De acordo com os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), das sete da manhã deste domingo (5) até às sete da manhã desta segunda-feira (6) choveu em 13 municípios do Sertão Central.

Na região a maior chuva foi em Quixeramobim, com 35 mm contabilizados no açude Pirabibu. Em São Miguel, zona rural do município, a chuva foi de 20 mm. No Centro de Quixeramobim, conforme os dados da Funceme, a pluviometria foi de apenas 7 mm.

Quixeramobim se destacou no último fim de semana pelas fortes chuvas contabilizadas. Vários açudes de pequeno porte e de comunidades rurais, sangraram. De sexta para o último sábado (4), as comunidades de Serrote e Assentamento Carqueja registraram os maiores acumulados, com 180 e 160 mm, respectivamente.

Nas últimas horas em todo o estado choveu em 95 municípios. Ipueiras teve o maior registro, com 42.8 mm, seguido de Chorozinho, com 41.5 mm e Pires Ferreira, com 35 mm. Segundo a Funceme o Ceará inicia esta semana com condições de tempo mais estáveis. A tendência é de poucas nuvens em maior parte do território com possibilidade de chuvas pontuais.

Para esta segunda-feira (6), a porção centro-norte do Estado poderá receber precipitações isoladas entre tarde e noite. Nas demais áreas, não há, neste momento, perspectiva de chuva. Já entre terça (7) e quarta-feira (8), há chances, ainda que remotas, de chuvas isoladas em todas as regiões.