Bebê de cinco meses é salva de engasgo por policiais militares

Após o procedimento, o bebê voltou a respirar novamente, sendo conduzido para um hospital da região para atendimento médico. Foto: divulgação

Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE), que estava em patrulhamento no bairro Vila Peri, na Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) de Fortaleza, na manhã dessa quarta-feira (22), salvou um bebê de apenas cinco meses vítima de engasgo.

Uma equipe do 6º Batalhão da Polícia Militar do Ceará foi acionada pelo pai do bebê, o qual relatou que o filho estava asfixiado. Chegando à residência, os policiais militares – cabo Castelo, cabo Barbosa e soldado Herbester – se depararam com um bebê vítima de engasgo, que apresentava um quadro de cianose – com a pele, lábios, extremidade das mãos azuladas, decorrente pela oxigenação insuficiente do sangue. O bebê já se encontrava desfalecido.

Imediatamente, a equipe aplicou-lhe a Manobra de Heimlich – técnica de primeiros socorros – utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por alimentos ou qualquer tipo de corpo estranho, bloqueando as vias respiratórias, impedindo a vítima de respirar.

Após o procedimento realizado com sucesso, o bebê voltou a respirar novamente, sendo conduzido para um hospital da região para atendimento médico, onde foi constatado o quadro de saúde estável e realizado exames.