Camilo autoriza eventos com até 200 pessoas, amplia horário de funcionamento de restaurantes e abre teatros

Eventos realizados em lugares fechados tiveram incremento de público presencial de 100%, passando de 50 pessoas permitidas, para 100

A ampliação do horário de funcionamento de restaurantes e setores similares e a ampliação do horário permitido para a circulação de pessoas estão entre os cinco novos pontos do decreto estadual que entrará em vigor na próxima segunda-feira (26) em todo o Ceará.

O detalhamento foi feito em transmissão pelo governador do estado, Camilo Santana, nas redes sociais, ao lado do secretário de saúde do estado, Dr. Cabeto. Entre os novos pontos informados está também a ampliação da capacidade de público presencial em eventos. O novo decreto vai permitir a reunião de até 200 pessoas em locais abertos e 100 em lugares fechados.

Com essa informação, o Ceará avança com um aumento de 100% na capacidade de público em eventos sociais. Até o último decreto estadual a capacidade máxima de pessoas permitida em eventos era de até 50 em ambientes fechados e de 100 em locais abertos.

Paralelo à autorização de eventos sociais com um maior número de público, Camilo Santana editou uma medida que autoriza, a partir de segunda, a reabertura de teatros no Ceará, atendendo a mais um setor que foi um dos mais impactados no período da pandemia: o da cultura e o das artes. O limite de público nestes locais não foi informado.

A regulamentação de horário de funcionamento de restaurantes e barracas de praia também foi ampliada. A partir de agora os restaurantes poderão fechar às 23h. Já as barracas de praia poderão abrir para o início do funcionamento mais cedo, às 9h. O toque de recolher terá início à meia-noite permanecendo até às cinco da manhã do dia seguinte.

Os detalhes de todas as medidas e as informações do enfrentamento à pandemia em cada região cearense deverão ser publicadas no decreto que sairá no Diário Oficial do Estado neste fim de semana. O novo decreto estadual terá vigência de 26 de julho a 8 de agosto.

“Temos de fazer tudo com cautela e com responsabilidade, por isso precisamos da ajuda de todos os cearenses. Até que a vacinação chegue a todos, o cuidado tem de seguir nesta pandemia. Em paralelo às novas autorizações, vamos fazer eventos-teste, que serão acompanhados pela Sesa antes, durante e depois. Além disso, em parceria com Anvisa, Fraport, MPF e MPE, estamos mantendo esse controle sanitário em que estamos fazendo testagens por amostragem de todos os voos que chegam na Capital Cearense, tudo para que não haja recrudescimento nas ações do Estado”, explicou Camilo Santana.