Vestibular da Uece tem um dos menores índices de inscritos da história

Número de inscritos no processo estudantil foi um dos menores da história da Uece (Foto: arquivo RC)

Com o segundo menor número de inscritos da história, o vestibular da Universidade Estadual do Ceará (Uece), edição 2021.1 (primeira fase), foi realizado neste domingo nos dois campi da instituição e em várias escolas públicas e privadas da Capital cearense.

No total, 13.401 candidatos se inscreveram para disputar as 2.380 vagas disponíveis, sendo 1.246 em Fortaleza e 1.134 nas unidades do Interior, localizadas nos municípios de Itapipoca, Crateús, Limoeiro do Norte, Iguatu, Quixadá, Tauá e Mombaça. A taxa de abstenção, segundo a instituição, foi de aproximadamente 20%, com cerca de 2.700 ausências.

O número de inscritos neste ano foi 8,8% maior do que o de 2020 (11.940), quando a prova teve que ser adiada para dezembro, em virtude dos constantes agravamentos da pandemia de Covid-19 no Estado. Apesar do aumento, as estatísticas de participação estão num patamar muito abaixo do período pré-pandêmico. Em 2019, ano em que a instituição realizou o seu maior vestibular da história, mais de 45 mil pessoas fizeram inscrição.

Neste ano, a prova estava programada para ser aplicada no dia 30 de maio, mas também precisou ser reagendada devido ao aumento de casos e mortes pela Covid-19 na segunda onda da pandemia no Ceará. Nos locais de prova, havia no máximo 20 alunos em cada sala, com distanciamento médio de 1,5 metro, segundo relataram alguns candidatos.

A segunda fase do vestibular da Uece está programada para os dias 4 e 5 de julho, quando serão aplicadas as provas de redação e conhecimentos específicos, conforme o curso escolhido pelo candidato. O cartão com as informações dos candidatos e todas as etapas relacionadas ao vestibular estão disponíveis no site da instituição.