“golpe do nude”: travestis são presas após ameaçar divulgar fotos íntimas de homens com quem se relacionavam

As duas travestis, de 20 anos, se relacionavam com homens e ameaçavam divulgar fotos em seguida Foto divulgação

Duas travestis foram presas em flagrante acusadas de praticar crime de extorsão. Bruna Sofia e e Natasha Almeida, ambas com 20 anos de idade, se relacionavam com homens e em seguida aplicavam o chamado “golpe do nude”, que consistia em pedir fotos dos parceiros sem roupa, para em seguida ameaçar de divulga-las sob condição de pagamento para não praticar o crime.

O fato foi revelado pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE) e aconteceu no município de Cascavel, região Metropolitana de Fortaleza. Após um trabalho investigativo, Bruna e Natasha foram presas em flagrante. Celulares e dinheiro também foram apreendidos na ação policial.

De acordo com o trabalho policial, as investigadas conheceram a vítima em redes sociais e começaram a trocar mensagens por meio de um aplicativo de relacionamento. Nas conversas, que iniciaram no último fim de semana, elas conseguiram imagens íntimas da vítima, o que possibilitou que elas começassem a ameaçar e a cobrar um valor de R$ 200,00 para não tornar as imagens públicas.

Diante disso, mesmo após pagar o valor exigido por elas, a vítima, um homem de 36 anos, procurou as autoridades policiais para informar que continuava sendo extorquido. De imediato, os policiais civis conseguiram identificar e localizar as suspeitas, que foram capturadas na manhã de hoje (06), no bairro Centro, e conduzidas à Delegacia Metropolitana de Cascavel. Na unidade, elas foram autuadas em flagrante pelo crime de extorsão. Ambas estão à disposição da Justiça.