Estelionato em Quixeramobim: Criminosos usam golpe do nudes para ameaçar e extorquir homens

Homens casados e da zona rural de Quixeramobim são o principal alvo do golpe do nudes.

Um crime de estelionato que se popularizou como ‘golpe do nudes’ tem sido aplicado com frequência no município de Quixeramobim. Em entrevista a Sertão TV, o advogado Rômulo Filho, conta que muitas vítimas têm procurado seu escritório após cair no golpe.

Segundo relata o advogado, na maioria dos casos, uma jovem entra em contato com um rapaz, geralmente casado, através de suas redes sociais, principalmente pelo Facebook. Conforme a conversa vai se desenvolvendo, o criminoso pede o WhatsApp da vítima e então, pelo aplicativo de mensagem, os dois começam a trocar fotos íntimas.

“Depois dessa troca de intimidade e de fotos, aparece outra pessoa, um outro número, normalmente com DDD de outro estado, dizendo que é o pai da jovem, ou um policial civil ou delegado, dizendo que a menina [criminoso] seria menor de idade, e começa a ameaçar a pessoa [vítima] de que vai abrir um procedimento, que se a pessoa não entrar em acordo com o pai da menina, esse procedimento vai pra frente e a pessoa vai presa”, conta.

Coagido pelo criminoso, a vítima cede e tenta fechar um acordo com o suposto pai. De acordo com o advogado, os criminosos chegam a pedir valores altos, entre mil e dois mil reais. Somente em quinze dias, Rômulo revela que já recebeu quatro vítimas desse tipo de estelionato em seu escritório. Depois que a vítima cai no golpe, o advogado revela que é feito um boletim de ocorrência. “Às vezes as ligações vem de dentro de cadeias de outros estados”, diz o advogado ao revelar que muitas vezes, os criminosos são homens que usam fotos de mulheres.

Em Quixeramobim, a maioria das vítimas residem na zona rural do município. O advogado pede ainda para que as pessoas tomem cuidado com esse tipo de golpe que tem sido frequentemente aplicado na Terra do Conselheiro.