Dep. Irapuan Pinheiro comemora 33 anos de emancipação com entrega de 201 títulos de terra

Solenidade aconteceu de forma virtual em função da pandemia (Foto: divulgação)

Região Central: Nesta quarta-feira (28), o município de Dep. Irapuan Pinheiro comemorou 33 anos de emancipação política com a entrega de 201 títulos de propriedade rural. A solenidade comandada pelo secretário de Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz, e pelo superintendente do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace), José Wilson Gonçalves, foi realizado no formato virtual e contou com a participação do prefeito Gildecarlos Pinheiro.

“Essa é uma importante ação do Governo do Ceará para que o agricultor possa acessar às políticas públicas federais e estaduais e, também, possa garantir o crédito nos bancos públicos. Com o título de terra em mãos, o nosso homem e a nossa mulher pode aumentar a própria produção e contribuir para o desenvolvimento do município de Dep. Irapuan Pinheiro”, comemorou o gestor municipal. Três agricultores familiares representaram o número total de beneficiários em obediência às orientações das autoridades sanitárias.

Para De Assis, a entrega dos títulos de propriedade rural trazem as condições para realização de “mudanças efetivas e “consolidação das políticas públicas desenvolvidas pelo Sistema Estadual de Agricultura”. “A regularização fundiária é uma ação estruturante porque permite que o nosso agricultor se consolide na terra e que possa levar segurança para própria produção e para a família”, complementou o superintendente do Idace.

“Que os agricultores possam fazer um bom uso deste documento: vão até o cartório e registrem do título. E, se for caro para registrar, o Idace e a Prefeitura também estarão mais uma vez juntos a todos vocês nos momentos de negociação para que cada agricultor possa efetivar o registro, a família ficar mais tranquila e o crédito nos bancos públicos esteja mais acessível”, orientou José Wilson Gonçalves.

Também participaram da solenidade virtual o vice-prefeito Francisco Rolim Neto; a secretária de Política Agrária da Fetraece, Rosângela Moura; e o deputado estadual Moisés Bráz. “(A regularização fundiária) É uma das políticas que a Fetraece reconhece a efetividade porque é a porta de entrada para todas as outras políticas públicas e que facilita a produção de alimentos saudáveis no campo”, concluiu Rosângela.

Com informações da assessoria de imprensa