Banabuiú ‘zera estoque’ e utiliza mais de 500 doses em três dias de vacinação contra Covid-19

Vacinação em Banabuiú acelerou o ritmo de imunização (Foto: Rafael Fernandes)

Região Central: O município de Banabuiú informou que zerou o estoque de vacinas contra a Covid-19 depois de realizar um drive-thru na cidade. O objetivo era acelerar a vacinação e permitir que mais pessoas fossem imunizadas. De acordo com a Secretaria de Saúde da cidade, em três dias foram mais de 500 doses aplicadas, boa parte delas na iniciativa promovida pela gestão, e outra quantidade por vacinadores porta a porta.

Com um calendário previamente planejado, Banabuiú realizou dois dias de vacinação em sistema Drive Thur, com o objetivo de vacinar massivamente idosos com idade entre 69 – 74 anos e dar celeridade na imunização do grupo prioritário para avançar no Plano de Vacinação. Simultaneamente, o município enviou equipes multiprofissionais para a zona rural no intuito de vacinar o público alvo desta fase em seus próprios domicílios.

No total, 530 doses foram utilizadas na ação. Deste quantitativo, 212 foram aplicadas em idosos que procuraram o Drive-Thru que aconteceu na Praça 25 de Janeiro. Outras 89 doses foram aplicadas no público que procurou as duas unidades de saúde do município. As equipes de vacinadores espalhadas pela sede e pelos distritos e comunidades fez o uso de outras 229 doses.

Conforme a assessoria de imprensa do município, todo o estoque de vacinas que havia na Secretaria de Saúde foi utilizado durante os três dias, mas ainda no sábado a pasta recebeu um “novo lote de vacinas”, permitindo que “idosos com idade igual ou superior a 67 anos” passassem a ser vacinados na fase 2 do Plano de Imunização. Para o Prefeito Edinho Nobre, o sucesso das ações realizadas na última semana vem reforçar o compromisso e desejo de resguardar a vida de cada banabuiense.

Maria Chagas, moradora do centro de Banabuiú, foi uma das vacinadas durante a iniciativa promovida pela gestão banabuiense. Para deixar registrado o momento da vacinação, ela fez questão de levar sua sobrinha para fotografar e filmar. “Os meus filhos estão em São Paulo aguardando a foto para colocar no porta-retrato da sala”.