No ano sem carnaval, Ceará alcança o menor número de acidentes em rodovias registrado no período em cinco anos

Foram identificados 27 acidentes nas estradas do Estado entre os dias 12 e 16 deste mês (Foto: Julio Caesar)

No período equivalente ao carnaval, determinado como dia útil neste ano por conta da pandemia, o Ceará alcançou o menor número de acidentes em rodovias federais já registrado durante a época nos últimos cinco anos. Conforme balanço divulgado nesta sexta-feira, 19, pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), foram identificados 27 acidentes nas estradas do Estado entre os dias 12 e 16 deste mês. Desde 2017 índice nunca havia sido inferior a 30.

O “cancelamento” do período festivo foi anunciado pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), ainda em janeiro deste ano. Na ocasião, o chefe de executivo estadual proibiu a realização de festas durante a época e ainda decretou que o feriado- que tradicionalmente resulta no aumento do número de veículos em circulação nas rodovias – fosse considerado como dia útil.

A medida buscava evitar locomoções e aglomerações percebidas nesse período, como forma de evitar o avanço da Covid-19 no Estado. Quase um mês após a decisão, BPRE identificou 27 acidentes nas rodovias cearenses entre os dias equivalentes a data comemorativa- ressaltando que número havia caído em relação ao ano passado, quando índice foi de 30.

Considerado por órgão como positivo, dado revela ainda que houve uma diminuição significativa quando analisado pontos detalhados do índice. Por exemplo, 13 pessoas saíram feridas desses ocorrências, quando o mesmo índice no ano passado foi de 16- o que representa uma redução de 19% da taxa.

O mesmo comportamento foi percebido quando analisado o número de pessoas que acabaram por falecer devido aos acidentes nas estradas. Neste ano, foi registrado no período o óbito de seis indivíduos nessas circunstâncias, número 25% menor ao indicado em balanço de 2020- quando taxa foi de oito mortos nas rodovias durante o carnaval.

Menor da última meia década

Não foi apenas em relação a 2020 que o número de acidentes nas rodovias federais do Ceará durante carnaval demostrou redução. O POVO analisou balanços publicados em reportagens de anos anteriores e descobriu que o índice alcançado nesta semana é o menor já registrado nos últimos cinco anos pelo Estado.

O menor valor registrado da taxa dentro desse período pertencia ao ano passado, onde houve 30 acidentes nas rodovias federais. Já o maior havia sido percebido por órgãos competentes em 2017, quando um total de 46 acidentes aconteceram nas rodovias federais cearenses durante a época de folia.

Apesar de registrar o menor número de acidentes, o carnaval de 2021 teve oito pessoas mortas em acidentes nas estradas- maior valor no comparativo dos últimos cinco anos. Aparecem registrando o menor índice dentro do período, com dois óbitos cada, os anos de 2017, 2018 e 2019.

Confira números:

2017: 46 acidentes (42 feridos e 2 mortos)

2018: 43 acidentes (55 feridos e 2 mortos)

2019: 42 acidentes (52 feridos e 2 mortos )

2020: 30 acidentes (42 feridos e 6 mortos)

2021: 27 acidentes (13 feridos e 8 mortos)

 

Com informações do Opovo