Mulher ‘com ciúme’ vê marido em boate, atira e mata garota de 26 anos no Ceará

Djaiane Batista Barros, de 26 anos, morreu na cidade de Tianguá após mulher vê-la com o marido — Foto: Divulgação

Uma ação realizada por equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou na prisão em flagrante de uma mulher, suspeita de cometer um homicídio, ocorrido nessa quinta-feira (18), em um estabelecimento comercial, em Tianguá – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. A prisão foi realizada momentos após o crime.

As equipes foram acionadas para atender uma ocorrência de homicídio em um bar, no bairro Dom Timóteo. Uma mulher de 26 anos foi alvejada por tiros e morreu no local. Um homem de 24 anos foi lesionado no braço e socorrido para uma unidade hospitalar. Chegando ao local do crime, os policiais militares tiveram acesso às imagens das câmeras de segurança e conseguiram identificar a autoria.

Após realizarem diligências, os PMs localizaram a suspeita na residência dela. Questionada sobre o fato, a mulher informou que estava com muita raiva de seu companheiro, que se encontrava naquele estabelecimento, e por isso efetuou os disparos de forma aleatória. Ela confessou que não conhecia a mulher que foi atingida e que não lembrava onde havia deixado a arma de fogo.

Diante disso, Dayanne Rafaelle da Silva Rodrigues (31), foi conduzida até a Delegacia Regional de Tianguá, onde um procedimento foi instaurado. A mulher foi autuada em flagrante por homicídio qualificado e lesão corporal de natureza grave. Equipes da PMCE e da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) realizam diligências em busca de localizar a arma utilizada pela mulher para efetuar os disparos.