Esperança: Choró registra a segunda maior chuva nas últimas horas no Ceará; Quixadá 19.1 mm

Alguns populares registraram em seus pluviômetros particulares chuva de até 40mm, em fazendas de Quixadá (foto: RC)

Região Central: O Ceará deve seguir apresentando condições de chuva até a próxima quinta (11), é o que diz análise pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) indica que o cenário segue favorável para chuvas mais abrangentes.

Nestes dias, os maiores acumulados são esperados para a porção noroeste (Litoral Norte e Ibiapaba) e sul (Cariri e sul do Sertão Central e Inhamuns).

Na região Central, chove em cinco municípios, a maior em Choró com 34 mm, sendo a segunda maior do Estado, ficando atrás apenas de Jati com 35mm. Ainda conforme a Funceme, na localidade de Riacho do Algodão-Quixeramobim a precipitação foi de 22mm e no açude Pedras Brancas 19.1, Quixadá.

Alguns populares registraram em seus pluviômetros particulares chuva de até 40mm, em fazendas de Quixadá.

Também teve chuva de 13mm na cidade de Pedra Branca.

Entre o fim da tarde e a noite de hoje, Litoral Norte, na Ibiapaba, no Sertão Central e Inhamuns e no Cariri seguirão com condições de eventos de chuva, isto é, é registros em mais de 50% de suas respectivas áreas. Nas demais macrorregiões, há possibilidade de precipitações.

Já para esta quarta (10), o cenário deverá ser semelhante ao observado ao longo desta terça. Já depois de amanhã, a previsão, neste momento, é de predomínio de nebulosidade variável com chuva isolada em todo o Estado.

As condições de tempo mais propícias às chuvas se dão pela aproximação de áreas de instabilidade provenientes do oceano Atlântico devido à presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), além da influência de uma Zona de Convergência Intertropical (ZCAS).