Centec oferece vagas em cursos profissionalizantes gratuitos em Piquet Carneiro e Boa Viagem

centec_fernandoRegião Central: Sete diferentes áreas do ensino estão com vagas abertas para cursos oferecidos de forma remota a pretensos alunos de 14 municípios cearenses através do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec). As inscrições estarão abertas somente nesta terça-feira (2) e o resultado dos estudantes selecionados deve ser divulgado na próxima sexta-feira (5). Há vagas para duas cidades da região Central.

De tempos em tempos, o Centec oferece vagas em cursos técnicos e preparatórios em diferentes cidades do Ceará. Desta vez, as capacitações estão sendo ofertadas pelos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) do Centec em Acaraú, Brejo Santo, Boa Viagem, Campos Sales, Fortaleza, Fortim, Horizonte, Jucás, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Massapê, Piquet Carneiro, Quixeré e Viçosa do Ceará.

Os cursos com vagas abertas são nas áreas de: Assistente administrativo, Ferramentas digitais, Noções de informática, Noções de eletricidade com segurança, Liderança, Técnicas de instalações hidrossanitárias e Técnicas de negociação e vendas. De acordo com o Centec, serão 40 vagas paara cada curso. Ao todo são 760 vagas em sete cursos remotos.

A relação dos estudantes selecionados será divulgada na próxima sexta-feira (05/02) e as aulas acontecerão do dia 8 a 19 de fevereiro. Podem realizar inscrição moradores de qualquer município do Ceará, independente de qual unidade do Centec está ofertando o curso, pois as aulas continuam sendo transmitidas pela internet para preservar a saúde dos alunos, professores e demais colaboradores da instituição durante a pandemia.

As capacitações oferecidas pelo Centec, em parceria com a Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), tem o objetivo de favorecer a população que se encontra em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Por isso, as vagas serão preenchidas por jovens e adultos a partir de 16 anos e com renda mensal familiar de até um salário-mínimo, beneficiários do programa Mais Infância, desempregados ou pessoas em busca do primeiro emprego.