Terra tremeu sete vezes nessa sexta em Quixeramobim; novo tremor foi sentido em Boa Viagem

Novos tremores foram registrados e sentido em Boa Viagem

Quixeramobim: O Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis), informou que somente nesta sexta-feira (15) a terra tremeu sete vezes em Quixeramobim. Os registros computados pelo Laboratório mostram que dos sete eventos detectados, cinco são considerados de maior magnitude e dois de baixo potencial.

Conforme o LabSis os tremores ocorreram no intervalo de 17h45, horário do primeiro evento detectado, até o fim da noite, quando a terra voltou a tremer em magnitude considerada forte. De acordo com moradores do distrito de São Joaquim, por volta de 22h30 desta sexta, a terra voltou a tremer. Desta vez o tremor foi sentido até em outra cidade: moradores da zona rural de Boa Viagem também teriam relatado o fenômeno.

O tremor no fim da noite foi considerado de magnitude alta e atingiu 2.1 mR (sigla que indica a escala de magnitude regional para o Brasil). O epicentro teria ocorrido no distrito de São Joaquim, zona rural de Quixeramobim, e relatado também por moradores da localidade de Poço do Gado e também na localidade de Foguareiro, ambas no sertão de Boa Viagem.

Os relatos dos moradores são assustadores: para os técnicos e estudiosos do Laboratório, a população teria relatado ter escutado, no horário do evento, um barulho similar a uma explosão. “Como sempre, todas as informações já foram repassadas para a Defesa Civil responsável”, disse em nota o LabSis.

Mais cedo, ontem, o Portal Revista Central já havia informado que um tremor de terra, de magnitude preliminar 2.1 mR, tinha sido registrado em Quixeramobim e foi considerado como “forte”. Além do tremor de magnitude preliminar 2.1, outros dois, de menor intensidade, também foram registrados. Os últimos eventos registrados na região ocorreram nos dias 7 e 8 de outubro de 2019, ambos de magnitude 2.0 mR.