Secretaria de Saúde divulga plano de vacinação contra COVID-19; Quixadá tem quase 11 mil pessoas em grupos prioritários

Comitê Especial de Enfrentamento a Covid-19 de Quixadá (CEEC) elaborou o plano (foto: Ascom/PMQ)

Região Central: A Secretaria de Saúde tornou-se público o plano municipal de operacionalização para vacinação contra COVID-19, em Quixadá. Dados revelam que o município possui 10.864 pessoas que pertencem aos grupos prioritários definidos previamente pelo Ministério da Saúde na 1ª e 2ª Fase.

Como é preciso duas doses, há uma necessidade de 21.728 doses de vacinas. Tendo em vista que o número de doses de vacinas recebida pelo município não será suficiente para atender a demanda da 1ª fase priorizada, então dentro dessa fase serão estabelecidas etapas, priorizando os trabalhadores, conforme os ambientes e de acordo com o grau de exposição / grupo de risco.

Conforme o plano terá agendamento prévio para as pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, sendo necessário documento com foto e comprovação da existência da doença.

Idosos a partir de 75 anos de idade terá a disponibilização da vacina na Unidade de Saúde da área de vinculação do usuário, com agendamento prévio ou, dependendo da necessidade, no domicilio. Atendimento domiciliar dos acamados nessa faixa etária com agendamento prévio. Quixadá tem 3.510 pessoas idosas acima de 75 anos.

Agentes Comunitários de Saúde participarão das ações de planejamento, organização e articulação de todas as ações junto a sua equipe.

A mesma situação será para as 5.706 pessoas de 60 a 74 anos residentes na Terra dos Monólitos.

Pessoas com Deficiência Permanente Severa: a Secretaria vai disponibilizar profissionais da área/UBS, ou equipe volante com habilitação para aplicação da vacina, para realizar o atendimento do público no domicílio.

Profissionais da Educação, as escolas públicas e privadas deverão enviar a relação dos professores e funcionários com comprovação de vínculo, para agendamento de data para vacinação dos colaboradores no próprio estabelecimento de trabalho.

Forças de segurança e salvamento: Os serviços de segurança e salvamento deverão enviar a relação dos profissionais com comprovação de vínculo, para definição de data e local específico para realizar a vacinação dos profissionais, a exemplo de quadras esportivas e ginásios, quarteis (desde que abertos).

Quilombolas: Agendamento para atendimento desse público em local predeterminado pela Equipe de Estratégia de Saúde da Família da área adscrita.

Pessoa em situação de rua: Realizar busca ativa com equipe volante nas áreas/ perímetros mapeados pelos serviços de saúde e SDS.

Confira o plano abaixo: