Banabuiú: Programa Hora de Arar se prepara para iniciar atividades em 2021

Edinho Nobre em reunião na última semana, tratando sobre o início do Programa (Foto: Rafael Fernandes)

Região Central: Com a previsão da chegada da estação chuvosa no Ceará, o prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre, reuniu-se no último dia 15 de janeiro, com os secretários de Agricultura e Planejamento, representantes de vereadores e tratoristas para alinhar as ações do maior programa de fortalecimento da agricultura de Banabuiú, o Hora de Arar.

O encontro tratou de práticas de aperfeiçoamento do programa, que visa maior produtividade e resultado no campo e na mesa do pequeno agricultor. Entre os anúncios feitos durante o encontro, o prefeito Edinho Nobre destacou a aquisição de oito motocicletas do tipo Bros para que os técnicos envolvidos no programa, possam chegar até as localidades sem problemas de logística.

Por ser de iniciativa municipal, o Hora de Arar utiliza recursos próprios para a realização das atividades. Segundo o Secretário de Agricultura, Glauco Brito, o programa atende mais de 1.500 pessoas em todo o território de Banabuiú e neste ano de 2021 irá investir uma média de meio milhão de reais. Atualmente, o projeto conta com 08 técnicos, 01 agrônomo, 01 médico veterinário, além dos fiscais.

Em 2021 o projeto tende a ficar mais robusto e fomentar ainda mais as atividades da agricultura familiar do município. “Para mim, o mais importante é ver o homem do campo crescendo. Se o sertão está bem, a cidade cresce”, ressalta o prefeito Edinho.

O gestor municipal também destaca o apoio que tem recebido da Empresa de Assistência Técnica Extensão Rural do Ceará – EMATERCE, no sentido de auxiliar os pequenos produtores com assistência técnica especializada e na elaboração de projetos para requerimento de financiamento, junto a rede bancária.

O Hora de Arar

É um programa municipal de apoio ao pequeno agricultor, executado com recursos próprios visando beneficiar o homem do campo na aração da terra. Cada agricultor cadastrado e selecionado pelo programa, tem sua terra arada de forma gratuita. Esta ação permite a redução nos custos, menor tempo de trabalho, maior produção e qualidade de vida para o agricultor.

Em contrapartida, os beneficiados são convidados de forma voluntária a doar para o banco de sementes uma pequena amostra, visando a continuidade das ações em demais programas como o Hora de Plantar. Uma equipe técnica local planeja e executa todo o programa.