Operação da Polícia no Sertão Central desarticula rede criminosa suspeita de tráfico e lavagem de dinheiro

Viaturas da Polícia Civil de várias delegacias e cidades se concentraram durante determinado momento da Operação, em frente a AABB (Foto: divulgação)

_______
Atualizada às 9h37*

Quixeramobim: Equipes da Polícia Civil realizam uma mega operação para desarticular uma rede criminosa em Fortaleza e que, de acordo com as investigações, teriam ramificações em mais quatro municípios do interior, todos no Sertão Central: Quixeramobim, Mombaça, Boa Viagem e Madalena.

A Operação Veredas, como foi denominada a ação da Polícia, estaria cumprindo mandados de busca e de apreensão contra os alvos que são apontados como suspeitos de integrar a rede criminosa nas quatro cidades e na Capital.

Em Quixeramobim, uma grande quantidade de policiais e de viaturas amanheceram nas principais ruas da cidade, alterando a rotina do município. Boa parte dos veículos se concentrou em frente a AABB, despertando atenção de curiosos. um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) participa da ação.

A Polícia ainda não lançou nota confirmando detalhes, mas a imprensa local aponta que mais de 200 policiais estariam trabalhando na ação espalhados pela capital e o interior. Dezenas de mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.

Em função da grandiosidade da operação, foi necessário o reforço policial de outros municípios, além do efetivo das cidades onde a operação acontece. Equipes de Quixadá, Limoeiro do Norte e até de Aracati, na região litorânea do estado, estariam participando da operação. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) deve lançar nota no fim da tarde trazendo detalhes da Operação.

_______
Nota do editor: Inicialmente, a matéria deu enfoque a cidade de Quixeramobim, dando entender que somente o município era alvo da operação e que apenas os crimes relacionados ao tráfico eram investigados. Como a SSPDS-CE ainda não divulgou nota oficial, as informações foram colhidas por fontes e sem a devida complementação ainda em sua primeira versão. A informação foi atualizada.