Prefeitura de Madalena afirma que dispensou construtora responsável por demolição de caixa d’água

Região Central: A prefeitura de Madalena, cidade do Sertão Central, emitiu uma nota de esclarecimento dando um esclarecimento após um vídeo flagrar um trabalhador de uma empresa terceirizada, por pouco não ser morto esmagado por uma caixa d’água após o homem derrubar a estrutura. O vídeo circulou no início desta semana e a nota da prefeitura foi divulgada dois dias depois.

Nas imagens que foram flagradas por um cinegrafista amador, um homem aparece dando marretadas em uma das pilastras de sustentação de uma enorme caixa d’água. A estrutura apresentava riscos de desabamento e o homem integrava o quadro de funcionários de uma empresa contratada para realiza a demolição segura da Caixa.

Confira o flagrante que foi postado na página Madalena Ordinária

 

Em nota, a Prefeitura de Madalena afirma que “não compactua com serviços mal executados, principalmente onde se coloca em risco a vida das pessoas”. Por meio da Secretaria de Obras a prefeitura esclareceu que resolveu demolir duas caixas d’água que ficam na zona rural, após laudos técnicos indicarem o comprometimento das estruturas. O serviço deveria ser feito com base em normas de segurança por uma empresa especializada contratada mediante licitação para demolir as caixas.

“Infelizmente a Construtora Moreira e Melo LTDA, ganhadora da licitação e responsável pelo serviço, executou de maneira errada, sem atender as normas solicitadas”. Após o flagrante ter gerado polêmica na cidade, o contrato com a empresa teria sido reincidido, conforme a nota. No entanto, o Portal Revista Central pesquisou mas não encontrou nenhum contrato licitatório com a empresa Moreira e Melo LTDA no portal da transparência da Prefeitura de Madalena.

A gestão ainda pediu desculpas pelo ocorrido, garantiu o compromisso com a segurança da população e disse que ninguém ficou ferido. A demolição da outra caixa d’água que estava prevista foi suspensa por decisão da Secretaria de Obras da cidade.