Governador do Ceará prorroga medidas de isolamento social e descarta lockdown após eleições

A decisão de manter o decreto de isolamento social inalterado foi tomada a após a reunião do comitê estadual dedicado a analisar os dados relacionados ao avanço da covid-19 no Ceará.

Na publicação o governador ainda afirma que a prorrogação do atual decreto acabaria com “uma fake news” de que haveria um novo lockdown no Estado a partir do próximo dia 16 (segunda-feira).

“Essa decisão, inclusive, põe fim a uma Fake News amplamente divulgada de que haveria lockdown a partir do dia 16/11, logo após o fim das eleições. Isso é mentira. Neste momento, mais de 95% da economia cearense retomou suas atividades e continua crescendo. Impressiona a leviandade de algumas pessoas que tentam espalhar o pânico entre a população”, disse Camilo.
O governador do Ceará ainda destacou que a possibilidade de um novo lockdown não vem sendo cogitada pelo comitê. “Sempre temos alertado que a pandemia continua, o vírus ainda circula, mas essa medida mais extrema sequer foi avaliada pelo comitê, que envolve, além do Governo, a Justiça, Ministério Público Estadual e Federal, além da AL e Pref de Fortaleza. É, portanto, mais uma Fake News espalhada em meio à pandemia”.