Duplo homicídio é registrado pela Polícia em praça no centro do município de Caridade

Praça no centro de Caridade: Polícia investiga crime (Foto: divulgação)

Região Central: Um duplo homicídio foi registrado na noite da última quarta-feira (25), em uma praça no centro do município de Caridade, na região Centro do estado. De acordo com a Polícia, os homens foram mortos com vários tiros inclusive na cabeça. Um deles já tinha passagem pela Polícia. Os suspeitos fugiram sem que fossem identificados.

Conforme os detalhes da Polícia, o crime teria ocorrido pouco antes da meia-noite. José Roberto Gomes da Cruz, de 20 anos, e Antônio Marcelanio da Silva, vulgo “Neguinho”, de 28 anos, estavam na praça quando os suspeitos chegaram e abriram fogo contra a dupla. Neguinho já tinha passagem pela Polícia por roubo. Logo em seguida, os suspeitos fugiram.

A Polícia foi acionada e esteve no local. Populares que estavam na praça e nas ruas próximas do local do duplo homicídio, preferiram não falar temendo represália e afirmaram que nada viram. A Perífia Forense constatou que as vítimas foram atingidas com balas em várias partes do corpo, inclusive na cabeça. A Delegacia Regional de Polícia Civil de Canindé (DRPC) deve abrir uma investigação para apurar o fato.

Outro

Minutos após o crime no Centro do município, a Polícia descobriu que um casal deu entrada no hospital da cidade com ferimentos provocados por tiros. Em depoimento, o homem de 43 anos e a mulher de 42, disseram que foram abordado em casa por três homens armados que chegaram na residência em um carro de cor prata, procurando os filhos do casal. Como não estavam, o trio passou a atirar na tentativa de matar o casal, que fugiu dos disparos.

Os dois ainda ficaram feridos e tiveram que ser hospitalizados. Equipes de investigação da Polícia também apuram se uma outra tentativa de duplo homicídio teria ligação com o fato, ou se teria o envolvimento dos mesmos autores do crime na Praça de Caridade. Diligências com equipes da Polícia Civil, e equipes da Polícia Militar como a Força Tática, fazem buscas na região. Ninguém foi preso.