Tio é preso suspeito de abusar 10 crianças de dois a oito anos em Banabuiú

delegadia_banabuiu_civil
Sede da Delegacia de Polícia Civil de Banabuiú

Região Central: o Conselho Tutelar do Município de Banabuiú está investigando uma denúncia de estupro coletivo contra 10 crianças e um adolescente que ocorreu em uma comunidade da zona rural do município. O suspeito está preso preventivamente na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá. O caso veio a tona depois que uma das vítimas confessou a sua mãe o abuso sofrido pelo homem.

O Portal Revista Central segue as regras de conduta ética do jornalismo e se omite de divulgar o nome das vítimas e dos envolvidos afim de preservar a integridade física, moral e psicológica dos personagens do fato. O nome do suspeito, bem como o da localidade onde o fato ocorreu, também não serão divulgados, uma vez que a partir destas informações, pode ser possível chegar a identificação das vítimas.

De acordo com o Conselho Tutelar 10 crianças e um adolescente de 13 anos estão entre as vítimas do pedófilo. As crianças possuem idade que variam de dois a oito anos. O suspeito seria tio de primeiro e segundo grau de nove das 11 vítimas, razão pela qual os pais e mães não tivesse suspeitado antes dos atos cometidos pelo homem.

O Conselho Tutelar informou que está garantindo toda a assistência para os parentes e envolvidos no fato. Ainda na última segunda-feira (5), oito das 11 vítimas já tinham feito exame de Corpo de Delito, no Instituto Médico Legal (IML) de Quixeramobim. Toda a ação foi comunicada ao Ministério Público que, conforme informou o Conselho de Banabuiú, deverá apurar o caso. O órgão afirma que vai apurar se houve negligência por parte dos familiares das vítimas.

O Portal tentou manter contato com a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, mas até o fechamento desta matéria, as ligações não foram atendidas. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS/CE) deve divulgar nota, no fim da tarde desta terça-feira (6) sobre o caso.