Polícia prende dupla suspeita de invadir casa e promover tiroteio em Quixeramobim

A resposta da Polícia Civil de Quixeramobim aos crimes que ocorrem na cidade, tem sido rápida. A mais recente constatação desta ostensiva no combate ao crime no município se deu na manhã da última terça-feira (13): dois suspeitos de terem cometido um homicídio na madrugada daquele mesmo dia foram presos. Embora a ação tenha ocorrido já há três dias, a Polícia Civil só divulgou as prisões agora.

Fernando Menezes Lima, vulgo Nenem, de 26 anos, e Antônio Arnaldo Gomes Batista, vulgo Arnaldo, de 29 anos, foram presos horas depois do crime. De acordo com a Polícia a dupla foi rendida “após uma perseguição ininterrupta das forças policiais do município”.

A Polícia ainda informou que a prisão dos dois é apenas o resultado do início de uma investigação aberta para apurar as causas do crime e quem seria, de fato, o alvo dos envolvidos na ação que terminou tirando a vida de Maikon Deyvison Rodrigues da Silva, de 24 anos. Maikon estava junto a outras três pessoas em uma casa no bairro Vila Bethania quando, por volta de duas da madrugada de terça, quando um grupo invadiu a residência e fizeram vários disparos. As outras três pessoas ficaram apenas feridos e Maikon faleceu no local.

Após cumpridas todas as formalidades legais, os presos foram encaminhados ao sistema penitenciário, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário. A Polícia Civil pede para que a população continue colaborando, por meio do aplicativo WhatsApp (88) 99325-3627, e garante o sigilo da informação.