Incêndio na madrugada desta segunda (19) atinge o Chalé da Pedra de Quixadá

Incêndio atingiu madeiras do solo de uma das salas após ter consumido um colchão

Quixadá: um incêndio de pequenas proporções atingiu durante a madrugada o Chalé da Pedra, equipamento mantido pela prefeitura de Quixadá e que hoje funciona como parte anexa do Centro Cultura Rachel de Queiroz. O fogo teria começado na madrugada desta segunda-feira (19) e foi percebido por um grupo de frequentadores de uma praça onde está instalado o equipamento cultural. Não houve danos nas peças e equipamentos que ficam expostos no local.

De acordo com o secretário de cultura, esporte e juventude de Quixadá, Audênio Moraes, o fogo atingiu a parte do subsolo do equipamento, após um colchão ter incendiado, fazendo as chamas danificarem algumas peças de madeira que ficam no solo de uma das salas. “Havia garrafas de bebidas no local, o que indica que essa parte estava sendo frequentada, mas felizmente não houve danos entre os equipamentos que existem no local”, afirmou Audênio.

O gestor ainda concluiu que não é possível dizer se as causas foram criminosas ou acidental. “Em frente a secretaria de cultura há uma câmera que consegue filmar a parte de frente do Centro, mas o incêndio ocorreu numa parte que fica por trás, então, não temos como pegar imagens para investigar”, disse o secretário.

Na madrugada alguns funcionários teriam sido comunicados do fogo, mas o secretário afirmou que só tomou conhecimento do acidente na manhã de segunda. O Portal Revista Central ainda apurou que o fogo só não se alastrou mais, porque um grupo de frequentadores que madrugam na praça, perceberam as labaredas e contiveram as chamas.

O Chalé da Pedra é um dos mais importantes equipamentos culturais de Quixadá por sua história e tradição. Ele foi comprado pela Prefeitura de Quixadá ainda na década de 90 e passou por um restauro no ano de 2010, quando passou a funcionar como parte do Centro Cultural, abrigando obras da escritora quixadaense Rachel de Queiroz.