Eleições 2020: Sérgio Onofre é o primeiro candidato a prefeito de Quixadá a ter registro deferido

Candidato a prefeitura de Quixadá, Sérgio Onofre (Foto: divulgação)

Quixadá: O candidato a prefeitura de Quixadá, Sérgio Onofre, foi o primeiro dos cinco postulantes à prefeitura do município, que teve decisão favorável e recebeu parecer de deferimento do Ministério Público Eleitoral (MPE) sobre o registro de sua candidatura. A decisão sobre a análise de seu deferimento saiu ainda na noite da última terça-feira (20) e foi assinada pela promotora de justiça, Gina Cavalcante Vilasboas.

Com isso, Sérgio Onofre surge como o primeiro candidato que teve seus registros aprovados pelo MPE. Isso significa que ele teve situação regular, com dados e documentação completos e que atendeu aos requisitos da candidatura, com pedido já julgado pela Justiça Eleitoral. Ilário Marques, Ricardo Silveira, Cícero Maia e Cézar Augusto, outros quatro postulantes ao cargo de gestor municipal, continuam aguardando o julgamento sobre a decisão de aptidão.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o prazo para a avaliação e julgamento dos pedidos de candidatura dos deputados só poderá ser feita até o próximo dia 26 de outubro, por tanto, na próxima segunda-feira. Até agora, conforme um levantamento do Portal Revista Central no sistema de registro de candidaturas do TSE, 34 candidatos de municípios do Sertão Central, tiverem julgado seus parecerem e estão aptos a concorrer nas eleições deste ano.

Outras 22 candidaturas cearenses de cidades da região Central, ainda aguardam julgamento no site do DivulgaCand. Como ainda há prazo, alguns juízes estão levando o tempo necessário para avaliar as documentações e as recomendações do MPE. No entanto, a demora no julgamento para deferimento do registro de candidato, salvo o caso de que se constem irregularidade, não possui nenhuma ligação com o fato do candidato deixar de concorrer.

Em muitas cidades essa informação tem sido alardeada por populares que não se explicam direito sobre o assunto, bem como em grupos de WhatsApp. Para se ter uma ideia em Caridade e Senador Pompeu, nenhum dos pedidos de registro para prefeito de nove candidatos no total, chegou a ser julgado. No entanto, esse fato não possui nenhuma relação com o candidato deixar de ter que se candidatar.