SRH atualiza situação hídrica no Ceará, mas Bacia do Banabuiú segue em estado crítico

Vista aérea do açude de Banabuiú que compçoem a Bacia hidrográfica de mesmo nome (Foto: Sistema Verdes Mares)

Região Central: em novo decreto publicado no final de agosto, a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) do Governo do Estado mostrou que a Bacia do Banabuiú continua em nível crítico. O decreto atualizou a situação da sbacia hidrográficas de todo o estado manteve a Bacia do Banabuiú, que é formada pelos açudes das cidades do Sertão Central, em situação de criticidade em termos de abastecimento e garantia de água para a população.

A Declaração de Situação Crítica de Escassez Hídrica nas regiões hidrográficas cearenses retirando quatro (4) Bacias Hidrográficas da situação crítica. São elas: Bacia da Serra da Ibiapaba, Bacia do Coreaú, Bacia do Acaraú e Bacia do Litoral.

Conforme o Ato, além da Bacia do Banabuiú, permanecem em situação crítica de escassez hídrica a Bacia do Rio Curu; Bacia do Rio Salgado, Bacia dos Sertões de Crateús; Sub-bacias do Alto, Médio e Baixo Jaguaribe e do Sistema Hídrico Integrado Jaguaribe – Região Metropolitana de Fortaleza, o complexo compreendido pelos reservatórios Castanhão, Orós, Pacajus, Pacoti, Riachão e Gavião, interligados pelo Eixão das Águas, incluindo a área de abrangência por ele atendida.

A definição da situação crítica das Bacias foi realizada através de dados do volume armazenado nos reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos-COGERH e da capacidade hídrica individual de cada Bacia, além da capacidade hídrica do Estado do Ceará que corresponde a 31,83% da capacidade total conforme dados do sistema de informações oficiais do Portal Hidrológico, em 03 de setembro de 2020.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos – Funceme, avaliou também o impacto da variabilidade climática sobre os reservatórios do Sistema Hídrico Integrado Jaguaribe-RMF e identificou uma probabilidade de 80% deste sistema atingir, já no ano de 2020, volume igual ou inferior ao correspondente deste mesmo sistema em 06 de outubro de 2015, data do Ato Declaratório SRH nº 01/2015, último a ser publicado. Neste ato de 2015, todos os municípios do Estado do Ceará se incluíam na criticidade hídrica.