Polícia recupera carga de 60 toneladas de castanha de cajú roubada no interior do Ceará

O carregamento foi apreendido após uma ação da PM do município (Foto: divulgação)

Quase 60 toneladas de castanha de cajú foram recuperadas pela Polícia Militar após um trabalho da 3ª Companhia do 11° Batalhão, na cidade de Marco, região Norte do estado. O carregamento, avaliado em torno de R$ 220 mil, foi encontrado em locais distintos, nessa segunda-feira (21). Além de dois caminhões, os policiais militares também recuperaram uma Fiat Strada com queixa de roubo.

As buscas pela carga iniciaram após informações acerca de um grupo armado que havia abordado dois caminhões na localidade de Triângulo, em Marco. Na ocasião, os suspeitos estavam em carros e motocicletas e renderam os motoristas dos caminhões. Juntos, carregavam 57 mil quilos de castanha. Após o colhimento das primeiras informações, os policiais militares receberam a informação sobre a localização de um dos veículos, na localidade de Mucambo.

Em um matagal da região, as equipes encontraram um Volvo/FM com toda a carga e na frente dele estava o veículo Fiat Strada com queixa de roubo oriunda da cidade de Cruz. No local, homens armados descarregavam o material. Ao perceberem a aproximação da composição, eles efetuaram disparos de arma de fogo e fugiram. Além de recuperar as 35 toneladas de castanha, os policiais militares encontraram dentro do veículo um aparelho bloqueador de sinal de GPS e peças de roupas. Os veículos foram encaminhados à Delegacia Municipal de Marco, onde o caso foi registrado. A Fiat Strada foi restituída ao proprietário.

Seguindo com as buscas, a PM encontrou o segundo caminhão, do mesmo modelo do primeiro encontrado, abandonado e sem a carga, na estrada de Panacuí, ainda na cidade. A partir disso, os policiais militares chegaram até a fazenda de um dos suspeitos, na região de Almas. Na propriedade, o homem não foi localizado, mas o restante do carregamento – 22 toneladas – foi recuperado. O material foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil, onde foi restituído ao dono. As buscas na região seguem em andamento com o objetivo de capturar o grupo criminoso envolvido nos roubos.