Operação Independência: feriadão termina com 11 pessoas mortas em acidentes nas estradas do CE

A Polícia Rodiviária Estadual (PRE) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgaram os números que compõem o balanço fechado da Operação Independência, que resume as ocorrências nas estradas que cortam o Ceará durante o feriado. Somente nos trechos das estradas estaduais e federais que passam por cidades do Ceará, foram 11 mortes. Os números compreendem o balanço da última sexta-feira (4) até esta terça-feira (8).

No total, foram realizadas 16.130 abordagens. Destas, 6.130 foram nas estradas federais (BRs) enquanto as outras dez mil foram feitas nas CEs pelas equipes da PRE. 243 testes do bafômetros foram feitos e nenhum dos motoristas foi atuado por embriaguês ao volante nas BRs, enquanto nas CEs 46 pessoas foram autuadas por estarem dirigindo embriagadas.

O balanço das duas polícias mostrou que o estado teve, de sexta até terça-feira, 53 acidentes. 31 foram nas estradas estaduais e os outros 22 foram nas vias administradas pela União. Nas CEs, os acidentes provocaram um saldo de oito pessoas mortas e outras três nas BRs.

Um dos destaques da Operação Independência deste ano foram as ultrapassagens. Os registros, tanto da PRE como da PRF, totalizaram 471 ocorrências. Na ponta do lápis, é como se um motorista fosse flagrado digirindo em velocidade acima do permitido para o determinado trecho, num intervado de cada 12 minutos. Segundo as estatísticas, as ultrapassagens proibidas estão interligadas a acidentes de maior gravidade, como também, aos de maior fatalidade.

Em todo o Brasil, 97 pessoas morreram nas estradas brasileiras federais durante o feriado prolongado da Independência. A PRF registrou, de sexta-feira (4) até a última segunda-feira (7), 933 acidentes nas rodovias, que resultaram em 1.103 feridos e 97 mortos.