Mortes por Coronavírus em Quixadá foram menores em julho e município estar em queda de casos

Unidade de referência para Covid-19 Quixadá (Foto: divulgação/prefeitura de Quixadá)

Quixadá: o município de Quixadá encerrou o mês de julho registrando um total de 65 mortos pelo coronavírus. O balanço foi feito a partir de uma contagem do Revista Central com dados da Secretaria de Saúde e divulgados pela Prefeitura de Quixadá. Apesar de robusto, um rápido comparativo do número com o mês anterior revela que os números de falecimentos provocados pela pandemia nesta cidade da Região Central, estar em curva decrescente.

Do dia 1º a 31 de junho, Quixadá registrou 27 novas mortes. No primeiro dia do referido mês a cidade já registrava uma nova morte, fazendo o número passar dos 23 casos no dia 31 de maio, para 24 no dia 1º de junho. Passado os trinta dias de junho, Quixadá tinha um saldo de 50 mortes. Subtraindo deste valor as 23 mortes que o município já contabilizava no início do mês, tem-se o número de 27 mortes.

Esta mesma metodologia comparativa aplicada ao mês de julho, revela que o município no período teve 15 novas mortes: eram 50 no dia primeiro de julho e 65 no dia 31. Ou seja, uma diminuição de 12 óbitos no último mês se comparado com o mesmo período 60 dias atrás.C

Junho também foi o mês que registrou a maior quantidade de mortes semanalmente. A média era de 6,75 mortes por semana, enquanto os dados de julho mostram que esta média era 50% menos: 3,70 casos por semana.

Junho foi considerado o mês em que Quixadá enfrentou o seu pior momento durante a pandemia. Foi o mês do pico, como dizem os especialistas. Houve semanas em que essa média de mortes era ultrapassada e chegava a contabilizar 9 mortes.