Polícia deflagra operação em Ibicuitinga contra suspeito de estuprar adolescente de 15 anos e ameaçar vítima nas redes sociais

Munições e cartões de crédito, além de uma pistola, foram apreendidas na casa do homem (Foto: divulgação/SSPDS)

Região Central: um homem de 44 anos morador da cidade de Ibicutinga está sendo procurado pela Polícia após uma investigação concluir que ele é suspeito de um crime de estupro de vulnerável contra uma adolescente de 15 anos. De acordo com a Polícia ele ameaçava a vítima nas redes sociais. A Polícia buscou prendê-lo durante uma operação deflagrada na última terça-feira (14) mas ele ainda não foi encontrado.

Conforme as informações levantadas através de uma investigação, o homem é apontado como suspeito de fazer registro não autorizado de intimidade, ameaça e estupro. A operação foi realizada pela Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá, com o apoio da Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) do Município e foi confirmada no fim da tarde desta quarta (15) pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE).

De acordo com as investigações o crime teria ocorrido em maio deste ano. Ele ameaçava a vítima usando as redes sociais e com isso, conseguia agir praticando o estupro de vulnerável contra a adolescente. O suspeito já tem passagens pela Polícia por crimes como roubo, estupro, importunação sexual e ameaça. Ele mora no Centro da cidade de Ibicuitinga mas no momento do cumprimento do mandado de busca e apreensão, ele não estava em casa.

No local foram apreendidas uma pistola calibre 40, com registro em nome da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec/RO), além de munições, cartões de crédito e cartões do benefício assistencial em nome de diversas pessoas. A SSPDS afirmou ainda que o homem é suspeito de praticar, também, crimes contra a economia popular. Ele emprestava dinheiro e retinha os cartões de benefícios assistenciais de suas vítimas como forma de pagamento. O homem teve prisão decretada após representação policial. A Polícia Civil segue em diligências no intuito de capturar o homem que se encontra foragido.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 3445-1047, da Delegacia Regional de Quixadá, para o WhatsApp da unidade policial pelo número (88) 98821-6771, ou ainda para o (88) 3412-8082, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Quixadá. O sigilo e o anonimato são garantidos.

O Portal Revista Central segue as orientações de conduta ética do jornalismo e se nega a divulgar o nome da vítima para preservar a integridade física e moral dela, e também evitar constrangimentos. O nome do suspeito também é omitido já que, através dele, a vítima também pode ser identificada.