Polícia Civil prende homem em Quixeramobim suspeito de homicídio e desmonta esquema de venda ilegal de botijão de gás

16 botijões de gás foram apreendidos no local pela Polícia Civil (Fotos: divulgação/PC)

Quixeramobim: um homem foi preso no fim da tarde desta terça-feira (21) por equipes da Polícia Civil, na zona rural do município de Quixeramobim. De acordo com as investigações ele é apontado como suspeito de um homicídio ocorrido no último dia 11 de julho. Na casa do preso, as equipes encontraram um esquema de venda ilegal de botijão de gás, que fazia como vítimas os idosos da comunidade.

Conforme a Polícia, o suspeito preso preventivamente é investigado pela morte de Francisco Antônio Damasceno, há cerca de duas semanas, com várias facadas. Após um inquérito policial ser instaurado, o homem identificado pelo apelido de “Pebinha”, foi encontrado e preso no distrito de Belo Monte, zona rural de Quixeramobim.

Dinheiro e cartões foram apreendidos

Na residência, os policiais se depararam com um esquema de comércio ilegal de venda de botijões de gás. O líder do esquema, conforme a Polícia, é pai do suspeito preso. Os policiais cumpriram um mandado de busca domiciliar e encontraram no local 16 botijões de gás armazenados de forma ilegal e cerca de mil reais em espécie.

Também foram apreendidos vários cartões de crédito de idosos, que compravam do esquema, e que ficavam em posse dos líderes do comércio como forma de garantir o pagamento dos botijões em determinado prazo do mês. Eles foram autuados em flagrante delito pelos crimes previstos no art. 1º, Inciso I da Lei 8176 (venda clandestina de gás), art. 4º, alínea “a” da Lei 1521 (agiotagem/usura) e art. 104 do Estatuto do Idoso (retenção de cartão e documento pessoal de pessoa idosa).

Pai e filho foram encaminhados pala a Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Quixadá onde devem ficar a disposição da justiça.