Ceará é o 4º estado do País com mais servidores públicos que pediram Auxílio Emergencial

O Ceará é o quarto estado do Brasil com maior número de pedidos de auxílio emergencial por servidores públicos. A informação foi revelada pelo levantamento feito pela Controladoria-Geral da União (CGU) com diversos bancos de dados do governo. Estima-se que até o dia 31 de maio deste ano foram feitos 317.163 pagamentos indevidos do benefício a agentes públicos, sendo 24.650 só no Ceará.

De acordo cdom a CGU em todo o País 292.376 servidores receberam o benefício, gerando um desvio no valor de mais de R$ 207 milhões. Os pedidos feitos no Ceará representam cerca de R$ 16 milhões. Estado fica atrás apenas do Maranhão, com 84.045 pagamentos, Pernambuco, com 25.132 e São Paulo que registrou 25.086 benefícios a servidores públicos.

O levantamento levou em consideração servidores municipais, estaduais e federais. Em nível federal, foram identificados 17.551 militares da União, ativos ou inativos, ou pensionistas e 7.236 servidores do Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape) com recebimento indevido do auxílio.

Conforme pontuou a Controladoria, os números estão em constante atualização, tendo em vista que o órgão tem buscado maior cooperação com as administrações municipais e estaduais para fornecerem a base de dados completa de seus servidores, para que o cruzamento de CPF possa ser feito com a lista de pessoas que receberam o benefício.