Ação de exemplo: Boa Viagem realiza multirão de prevenção para trabalhadores do lixão

Equipe realizou testagem rápida do Covid-19, aplicou dosagens de vacinas e fez exames de sífilis, HIV e Hepatite em trabalhadores do lixão (Foto: divulgaçaõ)

Região Central: é comum que no atual cenário de testagens em massa da população, aqueles que residem em áreas mais vulneráveis, passem despercebido por algumas iniciativas de saúde dos municípios. Semi alfabetizados muitas vezes, eles não sabem, por exemplo, como solicitar os serviços e quais são os direitos que possuem. Mas o município de Boa Viagem promoveu essa semana uma iniciativa que rompe com tudo isso: realizou uma testagem rápida em trabalhadores de um lixão do município. Cerca de 50 testes foram feitos.

Nas redes sociais, o coordenador da atenção básica de Boa Viagem, Dr. João Abreu Jr, explicou que a iniciativa faz parte de um plano de contigenciamento, promovido pelo município. “Nesta semana, a pedido da prefeita Aline Vieira, nós fizemos um mapeamento das pessoas de maior vulnerabilidade, começando pelas pessoas deste ambiente”.

Equipe foi formada por cerca de 15 profissionais

A prefeitura afirmou que cerca de 15 profissionais participaram da ação, entre médica, enfermeiros, técnicos e assistentes sociais. Segundo a Secretaria de Saúde de Boa Viagem na ocasião, 50 boaviagenses foram testados para o Coronavírus. Durante o processo de triagem, o mapeamento social realizado apontou a necessidade de um apoio mais intenso de saúde, visto que existiam crianças e adultos que estavam com a imunização para diversas doenças desatualizada.

Além do foco na prevenção ao coronavírus as equipes realizaram exames para HIV, Sífilis e Hepatite B, e a dosagem de vacinas contra Influenza, Tétano e Tríplice Viral. Máscaras e álcool em gel também foram distribuídos aos trabalhadores do lixão. Equipes de assistentes sociais também realizaram atendimentos. Na manhã desta sexta-feira (26) a prefeitura de Boa Viagem homenageou a equipe que participou da iniciativa.

“Nesse dias temerosos, enquanto as pessoas estão recolhidas em suas casas, tem gente que, a despeito de todo risco, rompem madrugadas, varam a noite para lutar por pessoas que nunca viram, se afastando até de suas próprias familias. Um agradecimento é pouco para estas pessoas que trabalham incansavelmente, dedicando-se aos nossos pacientes de forma direta ou indireta, especialmente aos médicos e profissionais de enfermagem e equipes multiprofissionais que estão na linha de frente. Vocês merecem todo o nosso reconhecimento e carinho”.