Operação prende bandidos que mataram vigilante dos Correios de Quixadá


Pelas imagens do circuito interno dos Correios é possível perceber que ocorreu uma luta corporal com o bandido de camisa azul, momento em que levou um tiro na cabeça.

Uma mega operação coordenada pelo tenente-coronel Ednaldo Calixto, resultou na prisão de dois bandidos na cidade de Quixadá, na região Central do Ceará. A dupla matou nesta terça-feira, 29, um vigilante da agência dos Correios.

O caso causou grande comoção e ao mesmo tempo revoltado entre os moradores. A resposta da polícia veio rapidamente, menos de 24 horas, equipes do Cotar, POG, Ronda, Raio e Policiais Civis conseguiram capturar os criminosos em uma mata. Eles usavam as mesmas roupas registradas pelo circuito interno de segurança da instituição federal.

A Polícia Civil confirmou que Gustavo da Silva Alves, 21 anos, e Alex Marques Rebouças Júnior, de 20, foram presos durante a operação em uma fazenda do distrito de Juatama. O primeiro era foragido de uma penitenciária da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O vigilante Edilson do Nascimento, 50 anos, fazia a segurança desde 2004 naquela agência, pelas imagens do circuito interno dos Correios é possível perceber que ele travou uma luta corporal com o bandido de camisa azul, momento em que levou um tiro na cabeça.